quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O Dia de Finados em Dourado


O Dia de Finados, conhecido ainda como Dia dos Mortos, é celebrado pela Igreja Católica no dia 2 de novembro.

Desde o século II, alguns cristãos rezavam pelos falecidos, visitando os túmulos dos mártires para rezar pelos que morreram. No século V, a Igreja dedicava um dia do ano para rezar por todos os mortos, pelos quais ninguém rezava e dos quais ninguém lembrava. Também o abade de Cluny, santo Odilon, em 998 pedia aos monges que orassem pelos mortos. Desde o século XI os Papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigavam a comunidade a dedicar um dia aos mortos. No século XIII esse dia anual passa a ser comemorado em 2 de novembro, porque 1 de novembro é a Festa de Todos os Santos. A doutrina católica evoca algumas passagens bíblicas para fundamentar sua posição (cf. Tobias 12,12; 1,18-20; Mt 12,32 e II Macabeus 12,43-46), e se apóia em uma prática de quase dois mil anos.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Veja a Programação da Paróquia de São João Batista de Dourado.


Quinta-feira
03 de Novembro
20h – Missa na Comunidade São Francisco.
Sexta-feira
04 de Novembro
19h – Missa do Apostolado da Oração. Ação de graças ao Sagrado Coração de Jesus, na Igreja Matriz.

20h – Missa na Comunidade São Benedito.
Sábado
05 de Novembro
Únicas Celebrações na comunidade de Nossa Senhora Aparecida.

19h – Missa do povo. Ação de graças a Nossa Senhora de Fátima. Missa do Oratório com a participação dos zeladores da Mãe Peregrina.

20h – Missa com os jovens.
Domingo
06 de Novembro
7h – Missa na comunidade de São Vicente de Paulo.

9h – Missa da Família, na Igreja Matriz de São João Batista.

19h – Missa também na Matriz.

No Pesqueiro Caminho das Águas, acontecerá o Encontrão com os jovens crismandos e juvencris.




História da Paróquia.

A Paróquia São João Batista de Dourado, SP, foi criada aos 17 de maio de 1898 (Curato: 1876) por dom Lino Rodrigues de Carvalho, desmembrada de Brotas, SP de onde era vigário o Cônego Ezequias Galvão de Fontoura.

Foram vigários da Paróquia:

1876 a 1890 Pe. Antonio Alvaro Guedes Vaz
1890 a 1893 Pe. José Joaquim Soares O. Alvim.
1893 a 1894 Pe. Scuracchio.
1894 a 1898 Pe. Vicente Passos.
1898 a 1899 Pe. João de Longhi.
1899 a 1900 Pe. Afonso Moschello.
1900 a 1909 Pe. Frediano Dinis.
1910 a 1914 Pe. Victor Viola.
1910 a 1914 Côn. Nunzio Greco.
1914 a 1918 Pe. José Manuel Pinto.
1918 a 1934 Pe. Manoel Theotônio de M. Sampaio.
1934 a 1935 Pe. Pedro Herrero del Collado.
1935 a 1937 Côn. Miguel dos Reis Mello.
1937 a 1941 Pe. Manoel Pinheiro.
1941 a 1949 Pe. Joaquim Loureiro Cerveira.
1949 a 1950 Pe. Ludwig Zankel.
1950 a 1951 Pe. Pedro Ferraz Penedo.
1951 a 1951 Pe. Francisco de Salles Colturato.
1951 a 1961 Pe. Armando Antonio Salgado.
1961 a 1966 Pe. Martinho Wieland.
1967 a 1967 Mons. José Maria Frutuoso Braga.
1968 a 1979 Pe. Antonio Chizzotti.
1979 a 1979 Dom Constantino Amstaldem.
1979 a 1980 Pe. Galileu Martins, CP.
1980 a 1982 Pe. Carlos Antonio Jorge.
1982 a 1983 Pe. Bento Braz Bellucci.
1983 a ....... Côn. Antonio Desan.


O Padre José Antonio realiza seu trabalho pastoral em Dourado há mais de 20 anos.






Veja também neste Blog:













Nenhum comentário: